O que é o câncer de ovário do tipo epitelial

O câncer epitelial de ovário se desenvolve a partir das células que cobrem a superfície externa do ovário.  O câncer de ovário epitelial é o tipo mais comum de câncer de ovário. Cerca de 90 em cada 100 tumores do ovário (90%) são epiteliais.

Quais os tipos de câncer de ovário?

Pelo menos cinco tipos principais de câncer epitelial de ovário são atualmente conhecidos:

  • Carcinomas serosos: costumam ser classificados como carcinoma seroso de baixo grau ou carcinoma de alto grau, dependendo da aparência das células cancerosas em comparação com as células normais ao microscópio. O Carcinoma seroso de alto grau é o mais comum sendo a maioria é diagnosticada em um estágio avançado e raramente diagnosticado confinado ao ovário (<10%). Carcinoma seroso de baixo grau é mais raro e tipicamente diagnosticado em um estágio avançado. Costuma ser indolente, de crescimento lento e tende a responder menos a quimioterapia.
  • Carcinomas endometrióides: são geralmente diagnosticados em um estágio inicial e tendem a responder bem a quimioterapia. Frequentemente associados a   endometriose.
  • Carcinomas de células claras: comumente se apresenta em um estágio inicial e tem comportamento menos agressivo quando detectado e tratado nos estágios iniciais. O tratamento é igual ao do câncer de ovário seroso de alto grau, mas não respondem tão bem à quimioterapia quanto outros tipos de câncer epitelial de ovário. Pode estar ligada à endometriose.
  • Carcinomas mucinosos: são mais raros e a maioria é diagnosticada em estágio inicial. É importante o médico fazer testes para verificar se o câncer começou no ovário (primário do ovário) ou se espalhou de algum outro lugar, pois cerca de 80% dos carcinomas mucinosos do ovário são na verdade metastáticos, principalmente do trato gastrintestinal, como intestino ou apêndice.

Epidemiologia do câncer de ovário

O câncer de ovário é o oitavo câncer mais incidente entre as mulheres no mundo. Esse valor corresponde a um risco estimado de 7,8/100 mil mulheres.

No Brasil, segundo dados do INCA, foram estimados 6.650 casos novos de câncer do ovário para o triênio 2020-2022, com um risco estimado de 6,18 casos a cada 100 mil mulheres.

Inscreva-se em nossa newsletter

Fique por dentro de todas as notícias e novidades do portal EVA

Compartilhe esse conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Conteúdo Relacionado